quinta-feira, 2 de julho de 2009

Paráfrase

Diz a amiga Wiki sobre um mito americano:

"A morte, causada por colapso fulminante associado à disfunção cardíaca, surpreendeu o mundo provocando comoção como poucas vezes fora vista em nossa cultura; inclusive no Brasil. Os fãs se aglomeraram em maior número em frente a mansão."




Querem mais uma dica sobre de quem se trata? Vamos lá: é sobre um cara que nasceu pobre, e, depois de muito ralar, ficou conhecido como "O Rei" em seu segmento. Estabeleceu recordes de vendagens de álbuns.




Ficou fácil, né? Ou ainda não? Ok, mais umas dicas:


Em seu trabalho musical, uniu o melhor das música negra e branca - um grande feito num país tão racista quanto os "isteitis".


Sua forma de dançar potencializou sua revolução musical, com movimentos que ninguém antes havia realizado em um palco.

Sim, estamos falando dele mesmo:



Os tempos seguem e parafraseiam-se...

2 comentários:

Rodrigo Yoshizumi disse...

aeee! O barzinho de volta! que felicidade! =)

qto ao post... duas perdas iguais em peso no mundo da música, não? :\

Barbara Bastos disse...

Amei e ponto!
bjs