terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Nossa canção

No intervalo, a cantora encontrou um casal de velhinhos:


- Meus parabéns! Que voz linda você tem! Que grande prazer ouvir você cantar!

- E eu adorei o seu repertório!

- Muito obrigada! Puxa, muito obrigada mesmo!

- Eu e minha esposa freqüentamos bastante esta cervejaria, mas é a primeira vez que vejo você aqui...

- E, realmente, é a primeira vez que toco aqui!

- Então, seja bem-vinda! Você estará aqui semana que vem?

- Espero que sim!


Nisso, a senhora pediu licença, pois precisava ir ao banheiro. Aproveitando o momento, o senhor dirigiu-se à cantora:


- Posso fazer um pedido de música?

- Claro! O que o senhor quiser!

- Quero fazer uma surpresa para minha esposa semana que vem... pois faremos 35 anos de casamento!

- Meus parabéns, que lindo isso!

- Obrigado! Mas então, eu gostaria de dedicar a ela a canção que estava tocando quando eu me enchi de coragem e a pedi em casamento. É "Nossa Canção", do Roberto Carlos, você conhece?

- Não, mas prometo que vou pesquisar e...

- Opa, ela está voltando...


E a cantora também tinha que voltar para a segunda entrada.


Raramente acontecia de alguém que pedia uma música para a próxima semana voltar para o barzinho, mas o pedido foi tão especial que, pelo sim, pelo não, resolveu tirar a música.


E fez muito bem de seguir sua intuição pois, na semana seguinte, lá estava o casal.

Uma piscadela cúmplice para o maridão apaixonado já deu a entender que estava tudo certo. E, quando a cantora recebeu o sinal, começou a cantar: "Olha aqui, preste atenção, esta é a nossa canção...".


A esposa arregalou os olhos. O marido, apaixonado, segurou a mão dela e cantou a música toda olhando nos olhos dela. Ela chorou de emoção. A cantora também...


Um comentário:

Rodrigo Yoshizumi disse...

cara, nessas horas, acho que qualquer um gostaria de estar no seu lugar, não? que história bonita!!! *_*

bjaoo